24 julho 2008

Filosofia da Arca

“As normas, os valores, os sentimentos, os modos de pensar e de agir em sociedade são um reflexo das relações entre os homens para conseguir os meios necessários à sobrevivência.” Karl Marx

Somos uma entidade filantrópica comprometida com a transformação da comunidade na qual estamos enseridos. Acreditamos no potencial do ser humano e na sua capacidade de superar todos os limites impostos pelo sistema sóciopolítico e econômico que vêem aprisionando o ser humano e limitando sua visão de mundo. Enquanto as estruturas políticas das pequenas cidades do interior do Ceará, no nordeste brasileiro, manipulam as pessoas usando à máquina pública para gerar o empreguismo, que gera submissão e dependência, nós defendemos a justiça, o respeito e a dignidade do ser humano. Buscamos valorizar o ser humano como protagonista, provocando uma nova reflexão, tendo a solidariedade como método, o poder da mobilização como meio e a transformação da realidade como finalidade última.

Nesta perspectiva a Fundação ARCA trabalha a  dimensão ideológica, por meio de atividades educativas e culturais, e a Associação ARCA trabalho projetos de geração de renda e economia solidária. É neste contexto que a ARCA atende hoje mais de 400 pessoas - direta e indiretamente. Em fim, nossa filosofia se baseia em princíoos éticos como norteadores de todas as atitudes e práticas que têm como fim a construção de um "novo mundo possível".
Por Mirian Almeida Tolovi

23 julho 2008

MUTIRÃO



"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível."São Francisco de Assis


O dia 19 de julho de 2008 foi muito significativo para ARCA. Defendemos solidariedade como princípio, e neste  contexto,  realizamos uma experiencia de união e doação. Foram muitas mãos unidas para transformar a frente do antigo hospital, lugar de tristeza, em um ambiente alegre e cheio de vida. Companheiras e companheiros, independentes de religião e de partido político, juntos, de ferramentas nas mãos, mudaram a “cara” da ARCA. Crianças, adolescentes, jovens e adultos, todos unidos venceram um desafio e olharam no final o resultado, sentido-se sujeitos do processo. Finalizamos o mutirão com um mugunzá – prato típico da região, comemorando a nossa vitória de conseguirmos nos unir por meio da política do bem comum que gera vida e satisfação.

22 julho 2008